Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Vindima: Saiba Tudo Sobre esta Arte| LMH-Wines

93 / 100

A época das vindimas já começou e, para muitos, é um ritual anual a não perder. Em 2020 as vindimas chegaram mais cedo, no entanto, a qualidade nos vinhos tende a melhorar de ano para ano.

Tal como se fosse uma festa, o Enoturismo atrai milhares de pessoas e convida alguns visitantes a meterem as mãos na massa ou, em alguns casos, também o pé. No nosso país são inúmeros os roteiros turísticos que dão a oportunidade de ter a experiência da desta arte durante todo o seu processo.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

“Nostalgia da Vindima”

Além dos roteiros existentes, também há festas das vindimas por todo o país, para celebrar esta arte tão tradicional de Portugal. Para muitos, talvez emigrantes, é um retorno à infância e à nostalgia de uma tradição tão rica.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Se falarmos do processo da colheita de uva, esta requer um trabalho árduo ao longo do ano inteiro para poder dar assim às uvas as propriedades necessárias para um bom vinho.

Em teoria, a colheita deve ocorrer quando a uva está madura, quando a maturação da fruta atinge os parâmetros dos açúcares e ácidos necessários para o vinho que se pretende produzir.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Se falarmos de uma vinha moderna, pertencente a uma empresa rigorosa, as castas são acompanhadas ao longo do ano para análises periódicas de modo a saber a melhor altura para a vindima. Este controlo irá ser a chave do sucesso.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

No entanto, quando falamos de vindimas falamos também de uma grande quebra cabeças. Muitos viticultores e enólogos preocupam-se com a qualidade das castas pois as temperaturas altas do verão e a presença de noites tropicais fazem com que as videiras percam, durante a respiração, parte dos seus ácidos e ganhem valores de açúcar a cima do desejado. Muitas das vezes nem o controlo regular irá prever este feito.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Se por um lado o calor preocupa, especialmente nas zonas Alentejanas e Vale do Douro, a presença de neblinas matinais, humidade, chuva e geadas preocupam as zonas litorais e montanhosas que, normalmente, vindimam mais cedo, antes das uvas amadurecerem totalmente.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

O que ter em conta na vindima?

Até aqui percebemos como e quando se fazem as vindimas, que variam também consoante a região. No entanto, sabe todos os passos deste processo? Vejamos.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Quando alguém realiza esta arte é necessário ter em conta não só o fator do clima e das uvas mas também a quantidade de produção, a extensão da propriedade, se a colheita é feita de forma manual ou mecânica e, até, o número de trabalhadores.

O nível de êxito da vindima é consagrado pela qualidade da vida, pela maturação ideal das uvas no momento em que o cacho é cortado, a qualidade das castas e o tempo climático aquando a apanha da uva. Só juntando estes fatores há maior probabilidade de produzir um vinho de altíssima qualidade.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

A tradição

Atualmente o processo manual começou a ser substituído pela maquinaria que, além de conseguir apanhar mais cachos em menos tempo, abrande uma maior área. No entanto e, especialmente em Portugal, muitos continuam a querer fazer “à moda antiga”.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Depois de analisadas as uvas, a sua maturação e as características desejadas, marca-se a data da vindima. Vindimam-se os cachos, apanhando-os à mão ou utilizando uma tesoura de apoio para os cortar. Depois dos cachos cortados, a pisa das uvas ainda pode ser feita de forma rústica. Alguns acreditam que o vinho tem um sabor diferente, distinguindo também a pisa manual da pisa realizada com máquinas.

“Chapéu na cabeça, tesoura na mão. Vamos vindimar?”

LMH-Wines
Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

A vindima em 2020

Ao longo dos anos, devido às mudanças climatéricas, as uvas amadurecem mais rápido e, consequentemente, as vindimas têm que começar mais cedo, de modo a não deixar ultrapassar a maturação da uva.

Este ano não foi excepção.

Em 2020 além das uvas terem amadurecido mais cedo, fazendo com que as vindimas começassem logo no início do mês de Agosto, estimasse que a produção tenha diminuído no seu geral, no entanto e, uma vez que as vindimas não estão nem perto de estar concluídas, os relatórios das vindimas de Portugal podem ainda alterar.

Saiba Tudo Sobre a Arte da Vindima | LMH-Wines

Uma coisa é certa; continuaremos a produzir vinhos de grande qualidade, desejados por todo o globo.

Siga-nos no FacebookInstagram e no LinkedIn para conhecer mais vinhos e produtos da LMH-Wines. Subscreva a Newsletter e não perca as nossas novidades mais exclusivas.

TOP